terça-feira, 20 de outubro de 2009

**
O Meu Deus é o Verdadeiro
**

Um gato passou por acaso junto de uma assembleia
de cães, cujo lider declarava:
- Irmãos, rezemos juntos e peçamos com fervor ao
Grande Deus Cão que nos envie do céu saborosos
e abundantes ossos.
O gato afastou-se dali, a dizer para si próprio:
«Estúpidos, idólatras, ignorantes infiéis!
Como é possível que rezem a esse deus de pagãos
e não ao verdadeiro Grande Deus Gato?
E como é possível que peçam ossos em vez de ratos?»
*
*
Cada onda, por ignorância, pode pensar-se que é uma onda
diferente do oceano que a contém e no qual se dissolverá.
Cada gota de orvalho, por inépcia, pode considerar-se
diferente da água que o compõe.
Como diz o mestre zen, muitos dedos podem
apontar à Lua, mas esta é só uma.
Um bonito exercício consiste em ir atingindo a
abertura e a flexibilidade da mente, e
ter olhos e sentimentos para as necessidades alheias,
podendo, assim, desdobrar as nosssas potências
de afeto genuíno e ser solidários.
*
*
Os Melhores Contos Espirituais do Oriente,
de Ramiro Calle
(3ª edição, página 143)




1 comentário:

  1. Olá...

    Dá uma espreitadela no meu blog ;)
    www.ocantinhodamimi.blogspot.com

    Beijos*

    ResponderEliminar